Associação Mineira de Antigomobilismo foi lançada em Congonhas, Minas Gerais

AMA_logo_Congonhas_2106




































Associação Mineira de Antigomobilismo: do sonho à realidade

 

Com a presença de 29 clubes do antigomobilismo mineiro, autoridades e grande público, a AMA foi oficialmente lançada em Congonhas.

 

Antiga reivindicação dos clubes de antigomobilismo de Minas Gerais, a Associação Mineira de Antigomobilismo (AMA) floresceu com o compromisso de revolucionar o movimento antigomobilista do Estado e servir de exemplo para que outros estados brasileiros tenham a mesma iniciativa, pois somente com a união de todos as reivindicações e as vozes do antigomobilismo se farão sentir.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(23)
































Num ambiente festivo e ‘embalado’ pelas tradicionais marchinhas carnavalescas executadas pela Corporação Musical Senhor Bom Jesus, o 33º Bate-Papo Mensal dos Automobilistas de Congonhas e região, que congrega sete clubes (Opaleiros da Real, Uno Club de Congonhas, Clube do Quadrado, Escorteiros de Congonhas, JeeProfetas, Garagem Antiga de Conselheiro Lafaiete e Clube de Autos Antigos de Congonhas) foi escolhido para ser o palco de lançamento da AMA. Congonhas, aliás, há tempos vem se destacando também nesse segmento.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(102)
































O espaço destinado a este evento – a praça da estação ferroviária da cidade, ficou pequeno diante do grande número de antigomobilistas que prestigiaram o lançamento da AMA. É que os grandes eventos do gênero em Congonhas são realizados na ‘Romaria’ (espaço cultural localizado ao lado da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos e das célebres esculturas do genial Mestre Aleijadinho), porém, passa por reformas que devem durar até o mês de agosto deste ano.


AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(112)

































Além dos clubes ‘anfitriões’, marcaram presença também os Galaxeiros das Gerais, Clube do Carro Antigo de Belo Horizonte, Clube do Puma MG, Clube do Fusca Belo Horizonte, Clube Portal do Fusca, Clube Dekaweanos das Gerais, Clube The Bugs, Clube Ratoramas, Clube Opaleiros de Barbacena, Clube Itabirito de Carros Antigos, Clube de Carros Antigos de Cachoeira do Campo, Clube de Veículos Antigos de Nova Lima, Associação Perdoense de Carros Antigos, Clube de Veículos Antigos de Lavras, Sociedade do Carro Antigo de Barbacena, Clube Autos Antigos de Mariana e Associação Sanjoanense de Veículos Antigos.

Galaxeiros das Gerais.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(26)

































Clube do Puma MG.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(45)





























 




Clube Dekaweanos das Gerais.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(12)

































Clube do Fusca Belo Horizonte.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(57)


































Clube de Veículos Antigos de Nova Lima.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(357)


































Opaleiros da Real.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(353)

































 Clube de Carros Antigos de Cachoeira do Campo.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(120)

































Sociedade do Carro Antigo de Barbacena.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(146)


































Clube JeeProfetas.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(361)


































Clube do Quadrado que reúne VW Gol, Parati, Saveiro, Voyage, Passat e Santana.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(132)



































Escorteiros de Congonhas.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(92)







































Clube de Autos Antigos de Congonhas.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(38)

































Clube The Bugs.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(131)







































Os clubes Associação Sandumonense de Antigomobilismo, Clube Do Carro Antigo Viçosa, Associação de Veículos Antigos de Leopoldina, Associação de Veiculos Antigos de Sete Lagoas e Clube do Carro Antigo de Capim Branco não tiveram representantes durante o lançamento da AMA, mas confirmaram a intenção de filiação à entidade.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(368)

































A cobertura do evento coube a TV Web Nova Opção, de Santo Antônio de Pádua/RJ e ao portal Retroauto de Belo Horizonte/MG.

 

O evento contou com a presença do Prefeito de Congonhas (abaixo ao microfone) , José de Freitas Cordeiro (PSDB), dos Vereadores Júlio César (PSDB) e Eduardo Matosinhos (PR), além de vários secretários dos governos de Congonhas e Conselheiro Lafaiete.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(192)



































A abertura oficial da solenidade coube ao Prefeito de Congonhas e na sequência discursaram os vereadores Eduardo e Júlio César e a Secretária de Cultura de Congonhas Miriam Palhares (abaixo ao microfone). Todos enfatizaram a importância da criação de uma associação voltada para defender os interesses dos clubes de antigomobilismo mineiro e também incentivaram os clubes a buscarem, através de meios legais, a captação de recursos públicos para auxílio durante a realização de seus eventos que agregam valor à economia local e regional. O Prefeito de Conselheiro Lafaiete, Ivar de Almeida Cerqueira Neto (PSB) foi representado pelo Secretário de Administração e Defesa Social que ponderou sobre a importância desse movimento de preservação de veículos antigos como um incremento à mais na economia dos municípios e pretende apoiar e incentivar o seu crescimento na cidade de Conselheiro Lafaiete.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(211)



































Em seguida foi a vez do Presidente do CAAC – Clube de Autos Antigos de Congonhas – Robson dos Santos Elias (abaixo ao microfone) fazer seu pronunciamento destacando a importância da união dos clubes mineiros em prol do mesmo objetivo e defendendo a criação de um calendário unificado dos eventos no Estado.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(215)



































A fala mais aguardada foi a do Presidente da Associação Galaxeiros das Gerais - principal idealizador da AMA – Antônio do Monte Furtado Filho, que discursou sobre a importância da criação da entidade afirmando ser um verdadeiro marco na história dos nossos clubes e, por extensão, do antigomobilismo mineiro. Ressaltou ainda que, para este intento, é necessário contarmos com as valiosas colaborações de todos os antigomobilistas presentes.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(218)




































Antônio do Monte (acima ao microfone) elencou as principais iniciativas a serem defendidas pela Associação, que são:

- Elaboração de um Calendário Anual de Eventos que atenda aos diversos interesses dos clubes associados e que permita uma maior mobilidade dos antigomobilistas entre os mesmos;

- Reunião de proprietários, apreciadores e simpatizantes de veículos antigos, promovendo uma maior aproximação e estimulando o espírito de coletividade;

- Preservação da cultura automobilística de época;

- Esclarecimento da opinião pública sobre a importância da preservação da história do Antigomobilismo;

- Utilização de redes sociais e eletrônicas visando a promoção de trocas de informações e experiências entre a Associação, os clubes e seus associados;

- Consultoria na organização de eventos de caráter social e cultural, desfiles e exposições de veículos antigos;

- Cooperação com a sociedade, poderes públicos, empresariado, comércio e associações objetivando a defesa do antigomobilismo;

- Incentivar o desenvolvimento de imprensa especializada;

- Valorização dos Museus de Veículos Antigos;

- Apoio ao Comércio especializado de Veículos Antigos e autopeças;

 

O presidente dos Galaxeiros das Gerais enfatizou que a AMA, ao ser idealizada, não irá taxar nenhum clube que a ela vier a se filiar, o que agradou ainda mais os seus representantes e membros.

 

Em seguida foram realizadas as posses da Diretoria, do Conselho Consultivo e dos Diretores Regionais (das regiões dos Inconfidentes, Alto Paraopeba e Vertentes) da AMA para a gestão 2016/2018 e as filiações de mais de 20 Clubes das diversas regiões do Estado.

 

A Diretoria da AMA ficou assim composta:

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(242)

































Presidente: Antônio do Monte Furtado Filho (Associação Galaxeiros das Gerais)

Vice-Presidente: João Batista Jorge Pinto Filho (Clube de Veículos Antigos De Nova Lima), acima de óculos escuros.

•Diretor de Planejamento: Marco Túlio Ramos Landim (Clube do Puma MG)

Diretor Técnico: Milton Oliveira Sálvio (Clube Dkweanos das Gerais), abaixo.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(240)

































•Diretor Financeiro: Silvana Khoury Bernardes De Oliveira (Clube do Fusca BH)

•Diretor de Relações Públicas: Rogério Machado Pinto (Clube do Carro Antigo de Belo Horizonte)

Diretor de Comunicação: André Sanches Candreva (Clube de Autos Antigos de Congonhas), abaixo com o certificado.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(299)

































Para a Diretoria Regional os escolhidos foram:

Diretor Regional Inconfidentes: Cornélio José da Silva (Clube de Carros Antigos de Cachoeira do Campo), abaixo.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(268)


































Diretor Regional Alto Paraopeba: Robson dos Santos Elias (Clube de Autos Antigos de Congonhas e JeeProfetas), abaixo.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(233)


































Diretor Regional Vertentes e Zona da Mata: Renato Mauro de Paiva Oliveira (Clube Opaleiros de Barbacena)

 

E o Conselho Consultivo da AMA terá como representantes:

 

• José Geraldo Braga Ferreira (Clube Itabirito de Carro Antigo)

José Célio Fonseca da Cunha (Clube Garagem Antiga), abaixo.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(276)



































Ernandes Ramos (Sociedade do Carro Antigo de Barbacena), abaixo.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(281)


































Edson do Carmo Pereira (Opaleiros da Real), abaixo de boné.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(283)




























 




Após a solenidade de posse da diretoria da AMA, Antônio do Monte franqueou a palavra aos presentes para que pudessem manifestar e vários foram os discursos elogiosos diante da aguardada iniciativa.

 

O Clube do Quadrado foi homenageado pelo Diretor de Comunicação da AMA - André Candreva, com dois exemplares oficiais da Volkswagen Brasil: o primeiro sobre a história e trajetória do VW Gol e o segundo com os produtos mais recentes da montadora no Brasil. O incentivo veio da concessionária AutoLafaiete, representante da marca na região, e foi compartilhada com todos os presentes.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(336)































 



O evento recebeu a visita de três jovens universitários que passavam pela região coincidentemente neste final de semana. Eles saíram de Palmas(TO) com destino a Montevidéu, no Uruguai, a bordo de um Fusca 1974. Foram calorosamente recebidos por todos e ainda receberam uma ajuda financeira, uma bateria nova e saborearam o tradicional tropeiro mineiro.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(177)



































Robson Elias ao lado de sua irmã. Uma autêntica antigomobilista. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(347)



































Outro destaque foi a participação em grande número da população de Congonhas que prestigiou o lançamento da AMA. E durante toda a solenidade era possível ‘sentir o aroma’ da tradicional comida mineira preparada pela Uniart (União dos Artesãos de Congonhas) que serviu o tradicional tropeiro além de outras iguarias como a broinha de fubá de canjica.


AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(117)


































No total foram 250 veículos que ‘invadiram’ a praça e as ruas do entorno da estação ferroviária congonhense causando um verdadeiro congestionamento de autos antigos.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(3)































 





Ao final ficou a certeza de que as aspirações dos antigomobilistas presentes nesta solenidade serão contempladas.

 

Agora é aguardar que os membros empossados façam o planejamento e a execução das ações em consonância com as principais iniciativas apontadas.

 

Para os antigomobilistas mineiros, o primeiro passo foi dado ao criarem a AMA. O resto virá na forma de trabalho e comprometimento de seus representantes.

 

31/01/2016 - uma data que ficará marcada na história do antigomobilismo mineiro e deverá ser reverenciada por todos os apaixonados por carros.

 

André Candreva

Diretor de Comunicação

Associação Mineira de Antigomobilismo – AMA

Gestão 2016/2018




A confraternização, os carros, os amigos e a Festa do Automóvel em Congonhas onde foi fundada a AMA.

 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(32)








































A organização brilhou, vários carros de várias cidades, muito difícil reunir tantos, mas conseguiram com muita paixão e competência. Parabéns!


O primeiro veículo Volkswagen no Brasil foi a VW Kombi. Leia sua história.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(1)








































Belo Volkswagen Karmann-Ghia. Saiba mais sobre o primeiro esportivo VW.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(7)







































Um dos primeiros VW Passat.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(48)








































O primeiro Volkswagen arrefecido à água. Saiba mais sobre o Passat.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(4)







































O representante maior do Clube do Quadrado. O Volkswagen Gol.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(373)








































Uma VW Saveiro muito interessante modificada por um concessionário de São Paulo. Modelo raro.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(372)







































O Volkswagen Brasília foi um sucesso de vendas. Leia sobre este compacto, o 1600 quatro portas, o TL e a Variant.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(95)







































O maior sucesso da Volkswagen de todos os tempos. O Fusca é conhecido nos quatro cantos do mundo. Sua mecânica foi usada em mais de 20 veículos. Até em ultraleves!

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(10)







































Um carro que pode ser customizado com muitas opções.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(123)







































Um VW TL que chamou muita atenção por sua mecânica e pelo caprichado interior.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(149)







































A VW Variant foi outro sucesso nacional.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(364)







































O Puma GT 1600 usou mecânica do VW sedã e da Brasília. O Puma foi um verdadeiro sucesso. Saiba mais sobre o felino.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(43)







































Outro belo Puma GT.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(143)







































Um belo DKW Belcar 1966. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(40)







































E o último modelo Belcar fabricado em 1967.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(36)







































Outro belo exemplar do Belcar.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(355)







































Belo exemplar do Aero Willys.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(356)







































Outro em ótimo estado. Conheça mais sobre este Willys.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(360)







































O Ford Corcel foi também um sucesso nacional. Saiba mais sobre.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(64)







































E a irreverência de um Ford Belina.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(91)







































Belo Ford Landau. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(30)







































Outro modelo distinto da linha Ford Galaxie, LTD e Landau. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(80)







































Leia mais sobre este grande Ford.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(82)







































O Chevrolet Chevette foio primeiro pequeno automóvel da General Motors.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(121)







































Este é o moldelo de segunda geração do Chevette. Saiba mais.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(56)







































Um belo Chevrolet Opala 2500 cupê 1972.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(351)







































Um modelo Opala quatro portas com frente a partir de 1975.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(151)







































Saiba mais sobre este sucesso da General Motors.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(29)







































Bela Caravan 1984.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(24)







































O esportivo mineiro Farus com mecânica do VW Santana. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(357)







































Um alemão em terras mineiras. Mercedes-Benz 250 SE.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(109)










































Os amigos. 


Pradinnho do Clube do Puma com a esposa, Marco Túlio Ramos Landim  também do Clube do Puma e uma casal de amigos. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(19)







































A presença sempre simpática do Galaxeiro Kleber Sarquis Parreiras (com o certificado).

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(289)







































Cornélio José, a esposa, o pai atrás e um grande sanfoneiro fazendo uma homenagem ao AMA. 

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(313)







































O Pai de Cornélio, Dr. Roberto e Senhor Ernandes dando um Show para os amigos.

AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(380)







































Muitas pessoas simpáticas, muitos carros bonitos, belo local e ótima organização.  Parabéns aos organizadores, meu agradecimento especial ao Doutor Antônio do Monte Furtado Filho e à André Candreva.


AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(58)







































Viva o AMA (Associação Mineira de Antigomobilismo). Os próximos encontros serão ainda melhores!  



Sexto Encontro de Autos Antigos em Congonhas do Campo - Junho 2015

Congonhas_Junho_2015_003



























 


A cidade de Congonhas do Campo, destaque nacional como cidade histórica, é desde 1985 Patrimônio da Humanidade, famosa pela arte do grande artista Aleijadinho e Manuel da Costa Ataíde, pelas suas belas igrejas e pelo santuário dos jardins dos Passos da Paixão. 

Congonhas_Junho_2015_014
































A paisagem barroca é a grande riqueza da cidade. E nela aconteceu com brilhantismo o 6º Encontro de Autos Antigos em Congonhas do Campo. 

Congonhas_Junho_2015_205
































No Pátio da Romaria, a predominância era de automóveis nacionais de ótima qualidade. 

Congonhas_Junho_2015_022
































Mas havia também carros alemães, americanos, um Jeep destacável, um belo caminhão e um ônibus que fez muita gente se lembrar da infância e da adolescência. 

Congonhas_Junho_2015_220
































Os veículos antigos vieram de Belo Horizonte, Barroso, Juiz de Fora, Cachoeira do Campo, Conselheiro Lafaiete, Barbacena, Itabirito, Santos Dumont, Paraíba do Sul e Petrópolis no Rio de Janeiro e até do estado de São Paulo. E vários da cidade anfitriã!  Um ótimo evento mineiro que engrandece o antigomobilismo. 

Congonhas_Junho_2015_012
































Aconteceu no último dia 27 e 28 de junho. Parabéns Congonhas!




Os Veículos

Chevrolet linha Master modelo 1948. Saiba mais.

Congonhas_Junho_2015_218
































Chevrolet Bel Air 1954.

Congonhas_Junho_2015_004
































Chevrolet Opala 2500 ano 1978. 

Congonhas_Junho_2015_024


































Chevrolet Opala Cupê 2500 1978. 

Congonhas_Junho_2015_027






































Outro belo sedã Chevrolet Opala quatro portas. Saiba mais sobre a história do Chevrolet Opala.

Congonhas_Junho_2015_028






































Chevrolet Opala Gran Luxo cupê 4100 automático ano 1974.

Congonhas_Junho_2015_212






































Belo Chevrolet Caravan que foi lançada em 1975. Este é um modelo 1980.

Congonhas_Junho_2015_074






































Primeira geração do Chevrolet Chevette que foi lançado em 1973. Saiba mais.

Congonhas_Junho_2015_023






































Outro exemplar do Chevette. Impecável. 

Congonhas_Junho_2015_060






































Outro belo Chevette já com a segunda frente. Esta também equipou a perua Marajó e o modelo Hatch!

Congonhas_Junho_2015_058






































Picape Chevolet C10 1973 impecável sempre presente aos encontros. 

Congonhas_Junho_2015_199






































O caminhão Chevrolet D60 1971 que fez muito sucesso entre pessoas dos 7 aos 77 anos. 

Congonhas_Junho_2015_052






































Merecida placa preta e fará papel bonito em qualquer evento de ônibus. 

Congonhas_Junho_2015_011






































A Opel pertence ao grupo General Motors desde 1929. Este é um modelo Opel Kapitän. Saiba mais.

Congonhas_Junho_2015_191






































Este é um modelo Kadett B, de origem alemã, fabricado entre 1965 e 1973. Depois veio a versão que é idêntica ao nosso Chevette. Tinha motores 1000, 1100, 1200, 1500, 1700 e 1900.

Congonhas_Junho_2015_072






































Ao lado um caminhão International Harvest 1943 modelo KB-S.

Congonhas_Junho_2015_046






































O primeiro produto Willys no Brasil foi o Jeep CJ5.

Congonhas_Junho_2015_005






































Um Jeep, apelidado de Velho Joe, destaque no evento, foi este exemplar de 1951 modelo CJ3A, na versão civil e M38 na versão militar que já rodou por vários países da América do Sul.

Congonhas_Junho_2015_055






































Sendo entrevistado por André Cambreva que conduziu com competência o evento. Veja mais veículos militares

Congonhas_Junho_2015_057






































E seu proprietário Norberto Boddy foi justamente homenageado.

Congonhas_Junho_2015_166







































Baseado na Rural Willys veio a Picape Jeep que quando passou a ser produto Ford foi chamada de F-75.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(168)







































Belo Aero-Willys 1965. Saiba mais.

Congonhas_Junho_2015_006






































Outro belo exemplar do Aero, ano 1968. 

Congonhas_Junho_2015_007







































O primeiro automóvel com a marca Ford no Brasil foi o Galaxie 500. Depois veio o LTD e o Landau. Conheça a história deste belo Ford.

Congonhas_Junho_2015_040







































Outro belo modelo Ford Landau do Clube Galaxeiros das Gerais. Veja os eventos do clube.

Congonhas_Junho_2015_042






































O segundo carro da Ford foi o modelo Corcel fabricado nas versões sedã quatro porta, cupê e perua Belina. Sucesso nacional. Este numa interessante versão Táxi. Saiba mais.

Congonhas_Junho_2015_034






































Modelo GT do Corcel que trazia o motor XP mais potente.

Congonhas_Junho_2015_036






































Em 1978 chegava a versão Ford Corcel II, tamém de muito sucesso que enfrentava o VW Passat e o Dodge 1800 Polara.

Congonhas_Junho_2015_106






































Belo Ford Maverick Luxo quatro portas. Raro! Leia mais sobre este Ford.

Congonhas_Junho_2015_038






































Belo motor Maverick V8!

Congonhas_Junho_2015_062






































Ford Mustang cupê 1966. Motor bravo!

Congonhas_Junho_2015_079






































E seu belo motor com carburador de corpo quádruplo. 

Congonhas_Junho_2015_082






































Este Ford Mustang 1965 mantem sua originalidade. 

Congonhas_Junho_2015_084






































E se despedindo do evento. 

Congonhas_Junho_2015_223






































Este é um Mercury Monteret 1954. A Mercury era uma divisão de luxo da Ford juntamente com a Lincoln.

Congonhas_Junho_2015_201






































Rara Mercedes-Benz 300 D Turbo Diesel. 

Congonhas_Junho_2015_105






































Mercedes-Benz 250 S. 

Congonhas_Junho_2015_077






































Fiat Panorama era uma derivação do Fiat 147. Rara neste estado!

Congonhas_Junho_2015_044






































Fiat 147 Europa. Leia a história do primeiro produto Fiat no Brasil.

Congonhas_Junho_2015_069






































O Alfa Romeo 2300 era fabricado no Rio de Janeiro na FNM (Fábrica Nacional de Motores). Depois a Fiat assumiu a FNM e o carro passou a ser fabricado em Betim, Minas Gerais. Saiba mais sobre este belo sedã

Congonhas_Junho_2015_207






































Um dos últimos exemplares do DKW Vemaguet. A DKW foi absorvida pela Volkswagen em 1967.

Congonhas_Junho_2015_068






































Belo exemplar do Volkswagen Sedã 1300. 

Congonhas_Junho_2015_049






































Outro muito interessante VW ano 1953, de origem alemã, com janelas traseiras ovais, separadas, chamadas de Split Window.

Congonhas_Junho_2015_050






































Mais um belo exemplar VW. Década de 70.

Congonhas_Junho_2015_139






































Este VW é um dos últimos a serem fabricados no Brasil. A produção no México continuou até 2003.

Congonhas_Junho_2015_067






































O VW Variant foi a resposta da Volkswagen a Belina da Ford. 

Congonhas_Junho_2015_193






































Um grande sucesso da Volkswagen foi o VW Brasília. Saiba mais.

Congonhas_Junho_2015_214






































Depois veio revolução em 1974 com o lançamento do VW Passat. Leia mais.

Congonhas_Junho_2015_076






































O Puma GT foi o mais famoso esportivo nacional com mecânica Volkswagen. Saiba mais sobre este felino.

Congonhas_Junho_2015_216








































No entorno da Romaria 

Congonhas_Junho_2015_064






































Havia no local uma ótima área de alimentação, sob a responsabilidade do Rotary Clube, boa musica e várias barracas de peças, artesanato, bijuterias e venda de miniaturas de carros. 

Congonhas_Junho_2015_008
































Amigos, se divertindo na área de alimentação, no domingo, com muito sol. 

Congonhas_Junho_2015_065
































Amigos, um dia antes, no sábado, com muito frio. 

Congonhas_Junho_2015_009




















 














Os carros chegando no pátio da Romaria no sábado.

Congonhas_Junho_2015_013









































As Homenagens

Congonhas_Junho_2015_092






































As homenagens aos presidentes de Clubes, colecionadores e imprensa começaram no princípio da tarde ensolarada de domingo.  Foram entregues carinhosamente kits com um belo troféu, uma revista especializada, um CD com fotos do evento e um adesivo do CAAC – Clube de Autos Antigos de Congonhas. 

Congonhas_Junho_2015_093
































O locutor André Cambreva anunciava e o Presidente Robson Elias entregava a bela lembrança. Muita gentileza como sempre! 

O Presidente Robson Elias com Armando, representante dos amigos cariocas antigomobilistas AGMH (Armando, Guilherme, Max e Helio) que sempre realizam ótimos eventos na cidade do Rio de Janeiro e em Caxambu, Minas Gerais.

Congonhas_Junho_2015_096
































Com o Presidente do Clube Galaxeiros das Gerais Antônio do Monte Furtado Filho que também é diretor Regional da Região Metropolitana da Federação Brasileira de Veículos Antigos.


Congonhas_Junho_2015_102





































Com Jorge Filho, Presidente do Clube de Autos Antigos de Nova Lima

Congonhas_Junho_2015_111






































Com Caio Mário Baptista Pereira Caio, Diretor Regional da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA) na Região Minas II (Alto Paraopeba e Zona da Mata). Residente em Conselheiro Lafaiete.

Congonhas_Junho_2015_116





































Com Cornélio Junior Presidente do Clube de Cachoeira do Campo

Congonhas_Junho_2015_126





































André Candreva à esquerda com a simpatia e competência de sempre. Além de radialista é uma pessoa que conhece muito o mundo do automóvel.  

Congonhas_Junho_2015_128






































Com o Presidente Cláudio Mazzoni da Sociedade de Carros Antigos de Barbacena (SCAB).  

Congonhas_Junho_2015_137






































Com o Presidente Breno Menezes do Clube de Autos Antigos de Santos Dumont. 

Congonhas_Junho_2015_142






































Com Edson Pereira dos Opaleiros da Real. 

Congonhas_Junho_2015_155





































Com Fernando Barrenco do Portal Maxicar.

Congonhas_Junho_2015_170










































E Fátima Barrenco recebendo um troféu especial. 

Congonhas_Junho_2015_174








































Com Presidente do Clube do Quadrado, Pablo Lobo, que reúne a linha VW dos anos 80 e 90.

Congonhas_Junho_2015_160








































São os modelos Gol, Voyage, Parati, Saveiro, Passat, Santana e Quantum. 

Congonhas_Junho_2015_219









































Os modelos na entrada que dá acesso à Romaria. 

Congonhas_Junho_2015_222








































Obs.: O evento, mais uma vez, teve uma causa muito nobre: Todas as inscrições dos veículos em exposição foram doadas à APAE de Congonhas do Campo. Para cada carro  que ficou exposto na Romaria, os colecionadores deixaram cinco quilos de alimentos não perecíveis ou a quantia de R$ 15,00. Belo gesto! 

Congonhas_Junho_2015_016



































A Confraternização no sábado a noite. 

Na noite de sábado houve uma bela festa de confraternização entre os organizadores, colecionadores, imprensa e convidados.

Congonhas_Junho_2015_Kodak_Festa_2






































Na entrada da Churrascaria, onde ocorreu o evento, o Presidente Robson Elias fez questão de receber todos os convidados brindando com um copo de espumante. Elegância!


Congonhas_Junho_2015_Kodak_Festa_3































 




A festa foi bastante animada, o local estava lotado, ótimo buffet, boa música e o Senhor Ernandes Ramos de Barbacena fez uma homenagem aos presentes tocando com competência suas belas melodias! 

Congonhas_Junho_2015_Kodak_Hernandes

 









































O Trofeú. 

O site www.retroauto.com.br agradece a ótima recepção, atenção, carinho e premiação por parte dos organizadores. Em 2016 será ainda melhor e nos encontraremos todos mais uma vez.

Congonhas_Junho_2015_226








































AGRADECIMENTO ESPECIAL Á ROBSON ELIAS, PRESIDENTE DO CLUBE DE AUTOS ANTIGOS DE CONGONHAS E Á ANDRÉ CAMBREVA. MUITO OBRIGADO!



Volte ao site retroauto.
Volte à página inicial


 

Quinto Encontro de Autos Antigos de Congonhas em Minas Gerais - 2014



  Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_001



























 





Aconteceu em 31 de maio e 1º de junho de 2014, o 5º Encontro de Autos Antigos em Congonhas do Campo, bela cidade histórica, famosa pela arte do grande artista Aleijadinho.  Os belos carros antigos vieram de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Betim, Cachoeira do Campo, Conselheiro Lafaiete, Barbacena, Itabirito, Paraíba do Sul no Rio de Janeiro, etc.

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_003


































Havia no Pátio da Romaria, carros de origem americana, um europeu, vários nacionais muito interessantes, todos de várias décadas. Havia também feira de peças, miniaturas, artesanato, comidas típicas e muita música.  Todos foram muito bem recebidos por parte da organização do ótimo evento mineiro.


Um DKW Belcar 1967. 

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_007






































Rara picape Fiat 147 já com frente Europa. Leia mais.

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_010






































Outro 147 em belo estado. Dos primeiros.

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_073






































Impecável e raro Fiat 147 Rally.

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_096






































Um ótima estabilidade, motor esperto e bom de dirigir.

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_097






































Estilo agradável até hoje. 

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_200






































Um belo Alfa Romeo 2300. Substituiu o FNM 2150. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(7)






































Leia mais.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(139)






































Um belo Ford Corcel cupê 1970. 

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_011






































Belo Ford Corcel sedã 1970.Leia mais

Congonhas_Maio_2014_Autos_Encontro_154






































O primeiro Aero Willys nacional, modelo 1962.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(115)






































Belo Aero Willys 2600 1965.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(112)






































Outro distinto também de 1965. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(114)






































Bela Willys Rural. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(111)






































Bela picape F-75 antes chamada de Picape Jeep.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(127)






































Este um pouco mais radical. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(168)






































Os "Galaxeiros" das Gerais estiveram presentes. Abaixo um belo LTD. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(13)






































Um dos primeiros LTD. Os primeiros, assim como os Galaxie 500, tinham faróis verticais.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(14)






































Este modelo LTD Landau foi um dos últimos já com o motor V8 302 do Ford Maverick.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(15)






































Belo Ford Maverick GT. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(44)






































Um raro modelo quatro portas do Ford Maverick. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(84)






































A divisão de luxo da Ford era a Lincoln e a Mercury. Abaixo um modelo 1948. Conheça o Mercury Cougar e o Montego.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(120)






































Um Chevrolet Master 1948 belo e sempre presente aos encontros. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(119)






































Este já é um Chevrolet da década de 50. Várias versões e já havia a famosa Bel Air.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(118)






































Este é um belo e raro Chevrolet Bel Air 1959.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(41)






































Traseira rabo de peixe era uma tendência na época. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(52)






































Belo Chevrolet Chevelle americano de 1966. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(18)






































Um Chevrolet Impala 1970 conversível. Havia ainda a versão cupê, fastaback, sedã quatro portas e Station Wagon. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(47)






































A terceira geração do Chevrolet Camaro sendo que esta abaixo começou em 1974.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(95)






































Este é um Opel Kadett alemão. Após esta versão veio uma idêntica ao nosso Chevette. Saiba mais

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(80)






































Nosso primeiro automóvel pequeno da GM.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(22)






































Impecável e rara perua Chevrolet Marajó 1.6. Rara. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(131)






































E a evolução na década de 90 já como Kadett. Foi produzida aqui a versão fastback, perua Ipanema e conversível GSi.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(70)






































A linha Chevrolet Opala nasceu em 1968. A primeira remodelação veio em 1970. Abaixo um modelo sedã quatro portas versão Especial 1972 com motor 2.500 cm³ e quatro cilindros em linha.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(32)






































Belo carro muito apresentável.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(179)






































Este já com frente 1973/1974 com motor de seis cilindros em linha e 4.100 cm³.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(39)






































Remodelação maior em 1975 com frente e traseira nova. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(24)






































E o nascimento da perua Caravan de muito sucesso.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(27)






































E o famoso modelo SS com seis cilindros em linha também.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(105)






































Agressivo e desejável.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(117)






































Belo sedã quatro portas de 1978. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(77)






































Este Opala já com a frente que começou em 1980.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(28)






































Este é um dos últimos Opalas na versão cupê. Versão Comodoro mais luxoosa. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(109)






































Picape da década de 70 sem restauração e em ótimo estado. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(192)






































E o utilitário Veraneio de grande sucesso. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(90)






































O único Dodge da mostra fez bela presença. Abaixo um Gran Sedan.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(38)






































Um dos primeiros carros pequenos e de baixo preço no Brasil foi o VW Sedã, nosso querido Fusca. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(34)




























 









Nas décadas de 50, 60 e 70 a VW Kombi competia com a Willys Rural e até com a Veraneio da GM. Saiba mais.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(56)






































A diversificação da VW veio com o modelo quatro portas 1600.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(75)






































Dele veio a VW Variant.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(60)






































E a VW Brasília em 1973. Saiba mais sobre os três.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(166)






































O VW Passat fez 40 anos em 2014. Foi lançado em 1974. Leia mais.  

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(93)






































O VW SP-2 não teve o sucesso merecido. Era um carro esportivo muito bonito.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(63)






































Abaixo um Karmann-Ghia alemão sempre presente. Saiba mais

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(58)






































Um esportivo nacional de muito sucesso. Leia sobre o Puma GT.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(29)






































O Farus era fabricado em Minas Gerais. Abaixo um dos últimos modelos com motor VW Santana 1.8. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(164)






































Modelos raros como um Simca também estavam lá. Saiba mais

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(174)






































Também lá uma Vemaguet. Abaixo um modelo 1967.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(71)






































E um interessante tríciclo. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(146)






































Peças e revistas raras a venda. 

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(31)






































E belas miniaturas também.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(144)








































A Festa e a premiação. 

O comparecimento foi superior às expectativas. Além de vários colecionadores e famílias, vários amantes de carros antigos e também novos estiveram presentes.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(147)






































Um colecionador assíduo, um presidente de um importante clube e um colecionador e colaborador de um site.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(162)






































Vários clubes premiados.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(150)






































E sites, como o Maxicar também.

Congonhas_Maio_2014_Encontro_(153)






































O site Retroauto agradece a ótima recepção, atenção, carinho e premiação por parte dos organizadores. Em 2015 estaremos todos mais uma vez.

Congonhas_Trofeu_Maio_2014_004









































Volte ao site retroauto.
Volte à página inicial

 
   
 

© Copyright - Site Garace D'Époque - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.


 

  Site Map